Quando o Barato Sai Caro – Meus Erros de Planejamento

Quando o Barato Sai Caro – Meus Erros de Planejamento

Às vezes, no intuito de economizar alguns caraminguados, cometemos alguns erros com nossas viagens e o barato acaba saindo caro. Aqui compartilho com vocês algumas das minhas tentativas de economizar dinheiro que … digamos … não deram muito certo!

Páscoa em Copenhagen

Quando o Barato Sai Caro – Meus Erros de Planejamento

A Pequena Sereia – Copenhagen

Esse foi o meu primeiro erro de viagem! Era a primeira Páscoa que eu passaria no Reino Unido e como lá essa data é um dos únicos feriados de quatro dias, eu decidi viajar para algum lugar.

Como eu decidi bem em cima da hora (meu primeiro erro, diga-se de passagem), tudo o que eu olhava estava caríssimo! Depois de tanto pesquisar eu encontrei um voo da SAS (Scandinavian Airlines) partindo do Aeroporto de Heathrow para Copenhagen a um preço excelente! E como estava super barato, não pensei duas vezes e comprei. Põe na lista, segundo erro – nunca reserve nada por impulso.

Reserva feita, parei de pensar no voo e me dediquei a buscar um hotel e planejar o que ver e fazer na cidade. Faltando uns três dias para o voo, fui olhar as alternativas de como chegar no aeroporto.

Foi aí que o problema começou. Na época eu morava basicamente do lado oposto do aeroporto em relação à cidade. Se eu tomasse o primeiro metrô do dia eu não chegaria a tempo para o embarque e táxi não cabia no meu orçamento.

Além disso, eu era relativamente novo na cidade e não me senti seguro o suficiente para me aventurar em um night bus. Moral da história, eu decidi passar a noite no aeroporto já que um hotel naquelas proximidades também não tinha espaço no meu orçamento.

Peguei o último trem e cheguei no aeroporto por volta de 01:30h da manhã. Nem preciso dizer que passar a noite acordado foi um grande erro. Eu tinha tido um dia super cheio na faculdade e depois de ter ficado sem dormir, cheguei exausto em Copenhagen e … dormi! Quando acordei do “cochilo” já eram quase 17h. Ou seja, não aproveitei quase nada do meu primeiro dia na cidade!

Moral da história, se eu tivesse gastado uns 10% a mais na passagem eu teria tomado um voo num horário um pouco melhor e chegado na cidade descansado e aproveitado muito mais o meu dia!

Barcelona Ida e Volta por £0.02 mais Taxas

Quando o Barato Sai Caro – Meus Erros de Planejamento

Barcelona

Esse foi outro barco furado que embarquei! Encontrei uma mega promoção com a Ryanair onde um bilhete de ida e volta entre Londres e Barcelona sairia por um pouco mais de £40! Ou seja, uma verdadeira barganha!

Sabe aquele erro que eu falei acima de nunca reservar nada por impulso, pois é … cometi esse erro de novo!

Com a passagem comprada eu tirei a sexta e a segunda de folga para aproveitar um fim de semana prolongado na cidade. O voo partiria do aeroporto de Stansted às 07:00h da manhã e eu morava no sul de Londres. Além disso, o aeroporto de destino era Girona que ficava a uns 100 Km de distância de Barcelona.

Saí de casa às 3:00h da manhã e cheguei no meu destino em Barcelona às 15:00h. Na volta, saí às 09:00h da manhã e cheguei em casa às 17:00h. Ou seja, a sexta e a segunda que eu havia tirado de folga foram praticamente perdidas!

Assim como no exemplo de Copenhagen acima, se eu tivesse pagado um pouco mais na passagem e tomado um voo para Barcelona de um aeroporto mais central em Londres, eu teria aproveitado muito mais o fim de semana.

Hotel em Pisa

Quando o Barato Sai Caro – Meus Erros de Planejamento

Pisa

Há algum tempo atrás fiz uma viagem por algumas cidades no norte da Itália e isso incluía uma noite de hotel em Pisa.

Como era alta estação todos os hotéis estavam bem caros e depois de olhar em vários sites de reservas de hotéis encontrei um que estava super em conta. Uma verdadeira “barganha”!

Claro que sem pensar muito eu reservei o hotel. Ao chegar em Pisa eu vi porque o hotel era bem barato – ficava no meio do nada! 😐

Com o dinheiro que eu gastei em táxis para ir e voltar para o hotel, somado ao valor da diária que eu já havia pagado era suficiente para uma reserva de um hotel central! Outra lição aprendida!

Conclusão

Os exemplos que eu compartilhei são situações que eu passei já tem algum tempo. Mais precisamente antes do Uber, Google Hotels e Google Flights, por exemplo. Então planejar uma viagem consumia um pouco mais de tempo que hoje em dia.

No entanto, mesmo com todas as tecnologias disponíveis atualmente, eu ainda vivo ouvindo histórias de amigos que acabaram em situações similares às minhas. Acho que todos, e eu me incluo nisso, ficamos ceguinhos quando vemos uma barganha e não pensamos no todo. Em muitos casos, os custos extras decorrentes da “barganha” podem consumir tudo o que foi economizado. 🙁

Nos dias de hoje, um dos exemplos mais comuns que vejo com amigos e até leitores do TLFL Brasil é comprar a passagem aérea mais em conta possível sem se dar conta que todos os extras (marcação de assento, refeição e bagagem despachada). Uma vez incluídos no valor da passagem, a conta final fica bem maior do que se esperava.

Agora, deixa nos comentários os teus erros!!! 😀