South African Airways Irá Incorporar o A350 em sua Frota

South African Airways Irá Incorporar o A350 em sua FrotaA330 da South African Airways

Comecemos o dia com uma novidade da South African Airways que infelizmente por hora não terá impacto no mercado brasileiro!

Johanesburgo – Nova Iorque

A South African Airways (SAA) irá incorporar em sua frota a tecnologia mais inovadora disponível em aeronaves de longo alcance, trazendo notícias empolgantes para seus clientes que viajam sem escalas entre Johannesburg e Nova York – JFK.

A SAA complementará sua frota de longo alcance existente com as modernas aeronaves wide-body Airbus A350-900. Estas aeronaves de nova geração proporcionam eficiência de combustível e outros benefícios e vantagens. A aeronave operará em uma das rotas de transporte ultralongas da SAA entre Johannesburg e o Aeroporto Internacional John F Kennedy (JFK), em Nova York, em substituição ao A340-600 desta rota, mantendo uma operação sem escalas.

“A introdução dessas aeronaves de última geração em nossa frota é uma mudança importante, à medida que continuamos progredindo para transformar nossos negócios e retornar a companhia aérea à sustentabilidade financeira no menor tempo possível.”

“Essas aeronaves representam uma oportunidade imediata de oferecer um produto superior entre Johannesburg e Nova York, que será acompanhado por uma experiência incomparável e consistente para os clientes das classes Executiva e Econômica,” diz a CEO da SAA, Zukisa Ramasia.

O Airbus A350-900 é uma aeronave de primeira linha e oferece os mais altos níveis de conforto para seus passageiros e tripulação, combinados com excelente economia para voos de longa distância. A aeronave também oferece um moderno sistema de entretenimento a bordo (IFE) em toda a cabine.

O A350 possui a mais moderna oferta em segurança, manutenção e eficiência (tecnologia). Estas aeronaves representam uma oportunidade para a SAA reduzir a queima de combustível em aproximadamente 20% em comparação à aeronave atualmente operando nessa rota. Isso se traduzirá em economias de custo significativas que contribuirão para melhorar os custos operacionais e o desempenho financeiro da companhia. Além disso, a importância desta introdução é que ela contribuirá para um impacto ambiental positivo, já que a SAA também reduzirá suas emissões de carbono.

Configuração da Cabine

A configuração do A350 possui 246 assentos na Classe Econômica com as primeiras seis filas oferecendo espaço extra para as pernas, proporcionando uma experiência mais confortável, especialmente em voos mais longos. A Classe Executiva oferece poltronas que reclinam até virarem camas.

A SAA receberá a aeronave no segundo semestre de 2019. A aeronave entrará em operação assim que a SAA atender aos requisitos da autoridade reguladora.

“Estamos orgulhosos de oferecer aos nossos clientes uma aeronave de última geração com um produto moderno, incluindo uma cabine mais silenciosa, um ambiente mais relaxante durante o voo e o mais recente entretenimento a bordo”, conclui Ramasia.

Conclusão

Apesar de todos os seus problemas financeiros, é bom ver a SAA investindo e melhorando a sua frota. Espero que no futuro eles usem uma dessas aeronaves para atender o mercado brasileiro, pois elas oferecem mais conforto aos passageiros onde um dos pontos altos é a maior humidade do ar.

No que diz respeito à classe executiva, eu imagino que os A350 terão o mesmo produto que está instalado nos A330-300 que operam para São Paulo na configuração 1-2-1.