Voando na Classe Executiva do A220-100 da Swiss Entre Londres e Zurique

Voando na Classe Executiva do A220-100 da Swiss Entre Londres e Zurique

Esse foi um voo bem curto, mas bem interessante para mim. Foi a primeira vez que voei em um Bombardier Serie C ou o novo Airbus A220! Um fato corriqueiro para a maioria das pessoas, mas um evento para quem gosta de aviões. Tenho certeza que os geeks de plantão vão me entender!

A SWISS tem 28 aeronaves do tipo A220-100/300. O A220-100 tem capacidade para 125 passageiros, enquanto o A220-300 leva até 145 pessoas. Ou seja, são os irmãos menores da família A320.

Enfim … bora falar do voo!

Detalhes do Voo

  • Rota: Londres (City Airport) – Zurique
  • Aeronave: Bombardier Serie C100 ou um A220-100
  • Poltrona: 1F
  • Horário de Partida: 18:25h
  • Horário de Chegada: 21:00
  • Duração: 01:35h

Como vocês podem ver, um voo super curto e bem básico. Aliás, algo bem comum para a grande maioria dos voos intra-europeus.

Check-in e Segurança

Quem conhece o City Airport em Londres sabe o quão pequeno ele é. Com isso em questão de minutos você faz todos os procedimentos de check-in e segurança.

Quanto ao check-in em si, o meu durou menos de 5 minutos. Não havia ninguém na fila no momento que eu cheguei e por isso fui atendido imediatamente.

Um detalhe me chamou a atenção no check-in. A atendente já havia impresso os meus cartões de embarque e no fim ela me disse que da próxima vez eu deveria usar o check-in da econômica. Quando lhe perguntei o porquê ela me disse que eu estava voando em econômica.

Voando na Classe Executiva do A220-100 da Swiss Entre Londres e Zurique

Balcões de Check-in no London City Airport

O fato dela dizer isso em si, não me irritou de maneira alguma. Agora, fiquei pensando no nível de atenção que ela estava dedicando ao que estava fazendo! Pois foi incapaz de ler no cartão de embargue a classe da viagem. E olha que na SWISS eles vêm escrito BUSINESS CLASS no canto superior direito – como em muitas outras empresas aéreas! 😀

Como era fim do dia, o aeroporto estava bem cheio e em sua maioria de pessoas que viajam a trabalho e que naquele momento estavam voltando para casa. Mas, mesmo assim os procedimentos de segurança foram rapidinhos! Em dez minutos eu já estava dentro do terminal de embarque.

Eu sempre digo que quem viaja constantemente a trabalho são bichinhos bem treinados e já se preparam antes! Laptops, tablets, líquidos e cintos tudo na mão! Ou seja, a fila anda rapidinho!!

O lado negativo do City Airport é que, pelo seu tamanho – ou falta de espaço nesse caso, as empresas não têm como oferecer salas VIP. Em muitos casos eles dão um voucher para os seus passageiros frequentes consumirem algo em algum dos bares do aeroporto.

Embarque

O embarque e a decolagem ocorreram no horário previsto. Para quem gosta de aviões embarcar no London City é sempre uma diversão à parte, pois na grande maioria das vezes você caminha até o avião.

O procedimento de embarque foi bem tranquilo. Duas filas, uma para classe executiva e status elite na Star Alliance e outra para os demais passageiros.

Cabine

Como em todos os voos intra-europeus, as aeronaves têm os mesmos assentos tanto na classe executiva quanto na econômica. A única diferença é que na executiva o assento do meio é bloqueado.

Voando na Classe Executiva do A220-100 da Swiss Entre Londres e Zurique

Visão Parcial da Cabine do A220-100 da Swiss

O A220-100 tem a configuração 2-3, então para quem está viajando acompanhado e quer sentar juntinho do love, o lado de dois assentos é o mais indicado. Fica a dica!

Eu gosto das cores das cabines da SWISS, acho bem elegante. Um detalhe que me chamou a atenção foi o estado de conservação e limpeza da aeronave – inclusive o banheiro. Pelo menos nesse voo em particular a SWISS está de parabéns.

Voando na Classe Executiva do A220-100 da Swiss Entre Londres e Zurique

Banheiro do A220-100 da Swiss

Ao contrário dos demais Airbus que tem monitores grandes, O A220-100, por ter a cabine um pouco menor, tem uns monitores bem pequenos. No entanto, eles são suficientes para você acompanhar o status do voo e ver o vídeo de segurança.

Voando na Classe Executiva do A220-100 da Swiss Entre Londres e Zurique

Monitor de TV no A220-100 da Swiss

Serviço de Bordo

Poucos minutos após o embarque, a comissária já me entregou a garrafa de água e um lenço umedecido. Assim que o embarque terminou, como esperado, eu fui informado que meu laptop deveria ir no compartimento acima do assento junto com a mochila para a decolagem.

Voando na Classe Executiva do A220-100 da Swiss Entre Londres e Zurique

Garrafa de Água e Lenço Umedecido

O que eu achei simpático foi que após o sinal de apertar cintos ter sido apagado, a comissária veio até o meu assento e me entregou o laptop. Dificilmente as tripulações se lembram de fazer isso.

O serviço de bordo foi bem simples, um salmão frio com uns acompanhamentos que honestamente não sei o que era. Vou ficar devendo! Mas a melhor parte era o queijo em formato de flor! Mas um detalhe que realmente me chamou a atenção foi o tamanho da bandeja. Não tinha como ser menor! 😀

Além da refeição, a tripulação passou com o carrinho de bebidas duas vezes. O mesmo tinha champanhe, vinho branco, vinho tinto, cerveja, refrigerantes e algumas bebidas quentes. Meu copo não ficou vazio um minuto sequer.

Voando na Classe Executiva do A220-100 da Swiss Entre Londres e Zurique

Serviço de Bordo

As comissárias esqueceram de distribuir o famoso chocolate suíço durante o voo, mas ficaram com a bandeja na frente do avião no momento do desembarque. Com isso, todos os passageiros puderam se servir ao sair da aeronave.

Excluindo-se a refeição, que está fora do controle da tripulação, o serviço de bordo foi excelente!

Entretenimento

Num voo curto como esse não é de se esperar nenhum entretenimento a bordo, além da revista no bolso do assento ou então ficar vendo os detalhes do voo na tela. Se bem que hoje em dia, todo mundo se ocupa com o próprio celular, computador ou tablet.

Além disso, a SWISS oferece aos passageiros a possibilidade de fazer o download antes do voo de várias revistas e jornais que obviamente podem ser lidos a bordo.

Conclusão

Voando na Classe Executiva do A220-100 da Swiss Entre Londres e Zurique

A220-100 da Swiss

O voo como um todo foi bastante agradável, em linha com o serviço normalmente oferecido pela SWISS. O ponto alto foi sem dúvida alguma a simpatia da tripulação de cabine.

Ao chegarmos em Zurique a aeronave parou em uma posição remota e os passageiros da classe executiva foram levados em um mini ônibus até o terminal. Com certeza, algo que chamou a atenção e causou uma boa impressão.

Bem … é isso. Espero que tenham gostado e até a próxima!

Clique aqui para ler outras avaliações de voos.