O que Ver e Fazer em Kiev em Três Dias

O que Ver e Fazer em Kiev em Três DiasCatedral de Santa Sofia - Kiev

Kiev, capital da Ucrânia, com quase três milhões de habitants, não é a primeira opção de muita gente quando o assunto é escolher um destino europeu para um fim de semana prolongado. No entanto, eu garanto que quem se arriscar e visitar essa charmosa cidade do leste europeu não se decepcionará!

Nesta avaliação compartilho com vocês um pouco do que ver e fazer em Kiev durante um fim de semana prolongado. Clique aqui para ler a avaliação do hotel onde me hospedei.

Minhas Impressões

Para a minha supresea, a cidade tem muito a oferecer, desde os encantadores mosteiros e igrejas ortodoxas até a sua arquitetura. E quando se fala em arquitetura, a mistura é grande. Alguns edifícios bem modernos que abusam do vidro convivem lado a lado com o concreto da era comunista e o clássico e esse sim é um show à parte.

A época certa para se visitar a cidade é no verão, que por sinal é bem quente e húmido, porém isso não é um problema. Pelo contrário, torna-se a desculpa perfeita para se tomar uma cerveja do lado de fora de algum dos muitos bares da cidade, ver o cair da tarde e assistir o ir e vir de pessoas. Aliás, a cerveja e tudo mais é muito barato em Kiev. Falo mais sobre isso abaixo, mas de qualquer forma, fica a dica!

O que Ver e Fazer em Kiev em Três Dias

Por do Sol em Kiev

Agora prepare-se para andar. Na minha opinião a melhor forma de se conhecer a cidade é caminhando e para isso tem que se andar muito. Porém, se andar não te apetece, Uber funciona super bem na cidade e custa quase nada. E tem ainda os bondes como outra opção.

Eu estive em Kiev com um amigo por três dias, o que foi suficiente para explorar os principais pontos turísticos da cidade. Entendo que cada um tem suas preferências, mas para mim o ponto alto da viagem foram os mosteiros e as igrejas ortodoxas. E olha que são vários para se visitar e um mais interessante que o outro!

O que Ver e Fazer em Kiev em Três Dias

Mercado no Centro de Kiev

No que diz respeito aos mosteiros e igrejas fica até difícil dizer o que é mais bonito – o lado de fora ou o lado de dentro. Enquanto por dentro os olhos se deparam com uma explosão de cores, do lado de fora as cúpulas oferecem um espetáculo diário iluminadas pelos últimos raios de sol ao entardecer.

Dica: Encontre um bom roof top bar para apreciar o por do sol e te garanto que essa será uma das boas lembranças que você levará para casa.

Catedral de Santa Sophia

Se você tiver que escolher apenas uma igreja para visitar eu recomendo a Catedral de Santa Sophia (St Sophia’s Cathedral). Esta é a igreja mais antiga de Kiev e provavelmente a mais importante. E agora um pouquinho de história, o nome dessa igreja é uma homenagem a Hagia Sofia de Istambul! Que aliás também é fascinante.

O que Ver e Fazer em Kiev em Três Dias

Catedral de Santa Sofia

Ainda dentro do complexo onde está a igreja, tem uma torre de 76 metros de altura em formato de bolo de noiva com um sino no topo. Recomendo subir até o último andar, pois de lá tem-se uma vista ótima do Mosteiro de São Marcos da Cúpula Dourada, ou St Michael’s Golden-Domed Monastery.

Andriivskyi Descent

Se a sua visita a Kiev incluir um fim de semana, eu sugiro visitar essa rua de nome complicado! Lá você encontrará um mercado de rua onde se vende de tudo um pouco. Desde comidas e produtos típicos até as famosas quinquilharias que os turistas adoram! 😀

E falando nisso, minha sugestão é para ignorar as barraquinhas da rua e focar nos cafés. Eles são perfeitos para se sentar do lado de fora e tomar uma bebida enquanto se observa o sob e desce das pessoas ou até mesmo almoçar.

O que Ver e Fazer em Kiev em Três Dias

Igreja de Santo André

E se você está na Andriivskyi Descent, não deixe de visitar a igreja de Santo André, ou St Andrew’s church, que fica bem no começo da rua antes de se começar a descê-la. Não tem como não vê-la. A cúpula verde escura chamará sua atenção.

Podil – Mosteiro Florivisky e Museu de Chernobil

No final da Andriivskyi Descent está a região do Podil, uma área próxima ao rio que foi um ponto de mercadores no passado. O Podil dá uma dimensão exata da vida em Kiev, pois deixa para trás os turistas e atrai quem vive na cidade.

Nossa experiência no Podil foi, no mínimo, interessante! Um dos pontos altos foi nossa visita ao Mosteiro Florivisky, um convento do século XV que não foi fechado durante o período de dominação soviética. Caso você o visite, não deixe de conhecer o seu interior. Você entenderá o porquê quando estiver dentro!

O que Ver e Fazer em Kiev em Três Dias

Mosteiro Florivisky

Perto do mosteiro havia um museu sobre farmácias, que segundo o guia de bolso que havíamos comprado, era muito interessante e deveria ser visitado. Pois bem, lá fomos nós … e …. nada de interessante. O local mais parecia uma farmácia do começo do século do que um museu.

Chegamos lá, não tinha ninguém visitando, esperamos por uns cinco minutos, a recepcionista estava de papo com uma amiga e simplesmente nos ignorou! Nem olhou para gente e isso porque eu estava com o dinheiro na mão fazendo sinal que queria comprar os ingressos para entrar! Pois bem, se você aparecer por lá e estiver usando o mesmo guia de bolso que nós, ignore tudo sobre o tal museu de farmácias! 😀

O próximo mico … ops … quero dizer … parada foi o Museu de Chernobil. Chegamos na frente e o mesmo estava fechado! Isso mesmo um museu que fecha aos domingos! O aspecto do lado de fora não era dos melhores não, tudo meio abandonado e empoeirado, mas acho que mesmo assim valeria a pena visitar.

Falando em Chernobil, caso o interesse seja ver a coisa real, é possível fazer visitas diárias a partir de Kiev. Pelo que li, pode-se ir até a zona de exclusão, as vilas abandonadas e até mesmo a planta que explodiu. Minha amiga Beatriz, do Milhas e Destinos fez uma dessas visitas – Veja aqui como foi.

E para terminar, nessa parte da cidade dá para ver vários bondes ainda da era soviética em perfeito estado de conservação circulando pelas ruas.

O que Ver e Fazer em Kiev em Três Dias

Bonde em Podil

Museu Nacional da História da Ucrânica

O Museu Nacional, ou National Museum of the History of Ukraine, é uma visita obrigatória mesmo para quem não gosta de museus. Diria que é o único que você deve visitar em Kiev se tivesse que escolher apenas um.

Se você é do tipo que não tem paciência para ver as coleções de arte, vá diretamente ao último andar. Lá você verá uma exposição que conta a história do último conflito (que infelizmente ainda acontece) entre a Rússia e a Ucrânia. Obviamente, você verá a versão ucraniana da história que é, na minha opinião, bem emocionante. Relata os sofrimentos do povo e o desejo de seguirem independentes.

O que Ver e Fazer em Kiev em Três Dias

Museu Nacional da História da Ucrânia

No entanto tivemos um problema ao visitar o museu, com exceção da história do conflito, todo o resto do acervo tinha explicações apenas em ucraniano e nada em inglês. Uma pena, pois haviam coisas interessantes que eu gostaria de entender do que se tratavam. A visita ao museu pode ser combinada com o retorno da Andriivskyi Descent, pois o mesmo fica bem perto do começo da rua.

Se você, como eu, é apaixonado por aviões antigos, dá para visitar o Museu de Aviação do Estado, ou State Aviation Museum. Lá você encontrará uma coleção de mais de 70 aviões e helicópteros russos.

Restaurantes

Quando o assunto é comer, refeições e bebidas são bem baratas em Kiev (e a cerveja é excelente). Para se ter uma ideia é possível ter uma refeição para dois em um bom restaurante com vodka e cerveja por menos de R$170 / £35 / €39 / US$45.

Visitamos vários restaurantes e bares, mas acho que o melhor de todos foi o Spotykach, que inclusive estava na lista de restaurantes recomendados pelo hotel. O atendimento foi ótimo e chicken Kiev delicioso …. eu sei, eu sei …. mas como diz o ditado … em Roma como os romanos! 😀

Na região central tem muitos bares e grande parte deles têm mesas nas calçadas, o que é perfeito para tomar umas cervejas depois de um longo dia de caminhadas.

Conclusão

A não ser que você fale ucraniano ou russo, a língua pode ser uma barreira em certos momentos. Mas de um modo geral, todos falam um pouco de inglês nos pontos mais visitados pelos turistas.

A cidade me surpreendeu, pois eu não esperava encontrar mosteiros e igrejas tão belos quanto os que vi. Aliás o povo ucraniano me pareceu bastante religioso, portanto fique atento aos trajes e comportamento ao visitar as igrejas. Fique de olho também que em várias igrejas não é permitido tirar fotografia das áreas sagradas.

O que Ver e Fazer em Kiev em Três Dias

Mosteiro de São Marcos da Cúpula Dourada – St Michael’s Golden-Domed Monastery

Locais como a Catedral de Santa Sophia, o Mosteiro de São Marcos da Cúpula Dourada, a Igreja de Santo André e o Mosteiro Florivisky devem ser visitados. Disse acima e volto a repetir, não deixe de passar pelo Museu Nacional da História da Ucrânia para entender um pouco mais da história desse povo que teve seu país constantemente invadido ao longo dos séculos.

O que Ver e Fazer em Kiev em Três Dias

Mosteiro de São Marcos da Cúpula Dourada, ou St Michael’s Golden-Domed Monastery

Embora a língua possa vir a ser uma barreira, as pessoas são hospitaleiras e nos trataram bem o tempo todo, mesmo quando não falavam inglês. A Ucrânia não é um país rico e isso pode ser visto mais claramente quando se visita Podil, pois ali as pessoas me pareceram ser mais simples. Ou seja, nessa área pudemos ter um contato maior com a realidade das pessoas, longe dos pontos turísticos.

Agora se você me perguntar se vale a pena visitar Kiev, eu diria que sim. Principalmente se você já conhece todas as principais capitais europeias, conhecer Kiev deixa bem mais claro as diferenças entre a Europa Oriental e Ocidental.

Bem, fico por aqui e espero que tenham gostado da leitura. Se tiver alguma pergunta escreva para nós e responderemos o mais rápido possível.