Turning Left for Less Brasil Melhores Voos, Hotéis e Destinos em 2018

Turning Left for Less Brasil Melhores Voos, Hotéis e Destinos em 2018TLFL Brasil - Retrospectiva de 2018

Como estamos chegando ao fim de 2018, gostaríamos de fechar o ano com uma retrospectiva dos nossos melhores momentos em nossas andanças pelo mundo. Sejam elas a trabalho ou a lazer. Hoje cada um de nós vamos compartilhar com vocês nossos melhores voos, melhores hotéis e melhores destinos do ano que se finda.

Antes de seguir adiante, eu quero agradecer a vocês, nossos leitores, por nos apoiarem e ajudarem o Turning Left for Less Brasil a crescer. Se ainda não o fazem, eu gostaria de lhes convidar para nos seguirem no Facebook (@Turningleftforlessbrasil) e no Instagram (@turningleftforless.brasil). Segue lá! 🙂

Particularmente para mim, 2018 foi um ano de muitas realizações e a mais importante delas foi o lançamento do Turning Left for Less Brasil, um sonho antigo. Agradeço de coração a Michele que vem me apoiando nessa iniciativa e me ajudando a tornar o site cada vez melhor. Sugiro a vocês que sigam também o Turning Left for Less (em inglês).

Esperamos tê-los conosco em 2019 e um FELIZ ANO NOVO!

Agora mãos à obra e boa leitura!

Claudio

2018 foi um ano bem movimentado para mim. Fiz 37 voos e viajei o equivalente a 129.539 km, suficiente para me manter no ar por 7,5 dias. Tive a chance de conhecer um pouquinho da Ucrânia e Malta, elevando para 45 o total de países já visitados.Turning Left for Less Brasil Melhores Voos, Hotéis e Destinos em 2018

Além de conhecer dois novos países, revisitei Amsterdã e Lisboa cidades que eu adoro e volto sempre que possível e conheci ainda Catania na Sicília, que aliás eu recomendo. Povo simpático, comida saborosíssima e nada caro. Quer mais?

Já no Brasil passei pelo Rio de Janeiro e Foz do Iguaçu, dois destinos que devem estar na lista de qualquer pessoa apaixonada por viagens. Teve ainda uma passagem relâmpago por Phoenix, nos Estados Unidos, onde Michele e eu estivemos juntos. Fora isso, sobrou o básico que é dividir meu tempo entre Londres, São Paulo e o interior onde sempre apareço para ver minha família e amigos. Ah … já ia me esquecendo … claro que também tive que trabalhar para pagar as contas! 😛

Melhores Voos

Tive vários voos excelentes esse ano e foi difícil escolher apenas dois, mas no fim das contas fiquei com o meu voo de primeira classe na British Airways (que eu avaliei aqui) entre Nova Iorque e Londres no icônico Boeing 747.

O que pesou também para tornar esse voo memorável foi o atendimento que recebi a bordo. O serviço foi impecável e a tripulação muito simpática e eficiente – fizemos até um selfie na galley!! Ah se todo voo fosse assim!

Turning Left for Less Brasil Melhores Voos, Hotéis e Destinos em 2018

Poltrona 1A no B747-400 da British Airways

Outro ótimo voo que fiz esse ano coincidentemente também foi com a British Airways quando eu estava retornando de Malta para o aeroporto de Gatwick em Londres. Foi um voo de aproximadamente três horas na classe executiva de um A320. Ou seja, nada de mais em termos do produto.

O grande diferencial ficou por conta da tripulação que fez um excelente trabalho. A classe executiva estava cheia e os dois comissários trabalharam sem parar e nem por isso deixaram de ser simpáticos e interagir com os passageiros.

Como vocês podem ver, os dois voos acima têm em comum o atendimento. Um bom atendimento a bordo já é meio caminho andado para garantir a satisfação dos passageiros. Vocês não concordam?

Melhores Hotéis

Os dois hotéis que mais marcaram minhas viagens em 2018 foram o Kimpton De Witt de Amsterdã e o Belmond Hotel das Cataratas. Ambos me impressionaram com a qualidade do atendimento e a atenção aos detalhes.

Hotel Kimpton De Witt Amsterdã

Check-in/Recepção

Essa foi a primeira vez que me hospedei em um hotel Kimpton e embora já tivesse ouvido bons comentários sobre a rede Kimpton, eu ainda não sabia bem o que esperar. Eu já conhecia o hotel quando o mesmo ainda operava como Crowne Plaza e estava curioso para ver o que havia mudado.

Como eu mostrei nessa avaliação, a experiência foi muito boa e ao retornar a Amsterdã já sei exatamente onde me hospedarei. A simpatia da equipe, aliás algo comum aos holandeses, e o hotel em si foram os pontos altos.

Turning Left for Less Brasil Melhores Voos, Hotéis e Destinos em 2018

Belmond Hotel das Cataratas

Já o Belmond Hotel das Cataratas em Foz do Iguaçu foi uma ótima surpresa . Sentar-se na veranda do bar ao fim do dia para apreciar o entardecer com as cataratas ao fundo e, com sorte, ver alguns tucanos voando perto do hotel é uma experiência única. Seguramente voltarei ao Belmond Hotel das Cataratas um dia!

Destino

Esse foi um pouco difícil de escolher. Fiquei em dúvida entre Amsterdã (Veja meus comentários aqui), Catania e Rio de Janeiro, mas no fim das contas acho que o Rio de Janeiro foi o melhor destino de 2018. Veja aqui um pouco do que fiz e vi na cidade durante quatro dias.

Turning Left for Less Brasil Melhores Voos, Hotéis e Destinos em 2018

Claudio na Pedra da Gávea – Rio de Janeiro

Em visitas anteriores eu acabava sempre me restringindo ao circuito praia, hotel e baladas. Mas dessa vez cheguei ao Rio decidido a explorar tudo que a cidade tem a oferecer e para a minha surpresa quatro dias não foram suficientes, o que é uma excelente desculpa para voltar em breve!

Michele

Em 2018 voei 233.226 km em 85 voos, visitando 15 países. Renovei meu cartão Gold no Executive Club da British Airways e vou conseguir um voucher que me dá direito a fazer um upgrade para uma classe acima daquela que eu reservar em um voo de minha escolha antes da renovação dos meus tier points no Executive Club.Turning Left for Less Brasil Melhores Voos, Hotéis e Destinos em 2018

Este ano eu voei na British Airways, na American Airlines, na Iberia, na Flybe, na Aer Lingus, na Qatar Airways, na Singapore Airlines, na Air New Zealand, na Vietnam Airlines e na Oman Air.

Melhores Voos

Em termos de voos, é difícil escolher entre a classe executiva da Oman Air e a QSuites da Qatar Airways.  A Oman Air foi ligeiramente inconsistente no que diz respeito à tripulação, com um voo excepcional e um voo médio. No entanto, a experiência como um todo na classe executiva foi impressionante e muito próxima de uma primeira classe em muitos aspectos.

A amenity kity era muito bonita, a comida bem apresentada e saborosa, o champanhe e os vinhos eram de boa qualidade e servidos em lindas taças. Tudo isso fez com que o serviço fosse ótimo.

Turning Left for Less Brasil Melhores Voos, Hotéis e Destinos em 2018

Poltrona 11K

Os assentos também eram impressionantes para uma classe executive, com acesso direto ao corredor e muita privacidade, principalmente nos assentos de janela. Você pode ler meus comentários aqui.

Meu voo na classe executiva da Qatar QSuites também esteve bem próximo de uma primeira classe, apesar de eu ter um dos piores pratos do ano a bordo de um voo (meu omelete mais parecia uma esponja de banho!!!). Você pode ler minha avaliação aqui.

Turning Left for Less Brasil Melhores Voos, Hotéis e Destinos em 2018

Qatar Airways QSuite

Eu adorei a atenção aos detalhes na QSuites, como a vela na mesa do jantar e a almofada usada nos voos diurnos que dizia “o céu é um lugar maravilhoso”. O assento em si era espaçoso e muito privado com a porta fechada – e ao contrário do que alguns dizem, eu não o achei claustrofóbico.

A minha única reclamação foi que a cama não era tão confortável como alguns dos outros assentos da Qatar Airways, mas ainda assim é uma classe executiva maravilhosa!

Melhores Hotéis

Em termos de hotéis, foi fácil escolher quais seriam os dois melhores. O primeiro, sem dúvida o melhor hotel que já me hospedei até hoje, The Sanchaya on Bintan, no qual eu retornei esse ano levando o Roving Reporter comigo pela primeira vez. Veja minha avaliação aqui.

Turning Left for Less Brasil Melhores Voos, Hotéis e Destinos em 2018

Sanchaya hotel Bintan

Por outro lado, o Roving Reporter também me levou ao seu hotel favorito, o The Datai on Langkawi (Leia minha avaliação aqui), que acabara de reabrir depois de uma extensa revogação. Nem preciso dizer que eu também me apaixonei por The Datai e pela natureza ao seu redor. Mas mesmo assim, acho que o Sanchaya ainda seja meu hotel favorito.

Melhores Destinos

Em 2018 eu visitei o Vietnã pela primeira vez, país que sempre quis conhecer e por isso um dos meus destaques do ano. O Vietnã se mostrou um país de pessoas amigáveis e receptivas e uma diversidade culinária impressionante. Enfim um país maravilhoso que visitarei novamente em 2019. Eu me hospedei no Naman Retreat que você poder ler os detalhes aqui.

Turning Left for Less Brasil Melhores Voos, Hotéis e Destinos em 2018

Vietnã

A Nova Zelândia também foi maravilhosa, embora eu já havia estado algumas vezes antes. O destaque como sempre foi Queenstown e a viagem de carro a partir de Christchurch. Minha visita a Blanket Bay e o passeio de helicóptero para Milford Sound com pouso em uma geleira foram espetaculares. Lembranças que ficarão em minha memória por muitos anos!

Turning Left for Less Brasil Melhores Voos, Hotéis e Destinos em 2018

Helicóptero nas Geleiras

Thomaz – O Viajante

Para quem trabalha viajando, muitas vezes a melhor viagem é aquela de retorno à casa.

Em 2018 realizei 402 voos, sendo 377 voos a trabalho e foram mais de 160 rotas. Voei 508,944km, o equivalente a quase 40 voltas ao redor da terra na linha do Equador e fiquei no ar 36 dias. Até eu que já voo há tanto tempo ainda me impressiono com esses números!

Dentre essas rotas talvez a que tenha se destacado mais foi quando viajei entre alguns países da América Latina e tive a oportunidade de voar com colegas da mesma empresa, mas de países e idiomas diferentes.

Férias e as Sete Maravilhas do Mundo Moderno

Turning Left for Less Brasil Melhores Voos, Hotéis e Destinos em 2018

Thomaz,  Coliseu de Roma

Mas no lado pessoal, leia-se férias, minha melhor aventura foi uma viagem para a Itália, pois foi algo totalmente de última hora. Aliás, a Itália me encanta e voltaria para lá a qualquer momento!

Desde que conheci o Taj Mahal na Índia, tracei como objetivo conhecer todas as Sete Maravilhas do Mundo Moderno em cada férias e nas férias de 2018 tinha planejado conhecer as Muralhas da China. Como as datas de minhas férias foram alteradas de última hora e era inverno no hemisfério norte – nada bom para se caminhar nas Muralhas da China, posterguei minha ida à China e entre as Sete Maravilhas que eu ainda não tinha visitado optei pelo Coliseu de Roma na Itália.

Turning Left for Less Brasil Melhores Voos, Hotéis e Destinos em 2018

Thomaz, Taj Mahal – Índia

Então parti de São Paulo para Milão e fui descendo de trem para Roma, parando em Florença e Pisa. Como o inverno estava muito rigoroso, deixei para conhecer Veneza e algumas outras cidades italianas numa outra oportunidade. Sou dos trópicos, então o inverno europeu para mim é muito tenso!

Mas objetivos são para serem alcançados, faça chuva ou faça sol. Valeu enfrentar essas intempéries e conhecer mais uma Maravilha do Mundo Moderno: o Coliseu de Roma.

A sensação de estar num lugar que foi um “cenário” tão importante há séculos atrás é indescritível! Essa foi minha melhor viagem de 2018!